Textos


NÃO FOI SÓ PÃO. A MISTURA
 
O que se esconde
dentro da flor?
 
A passagem secreta
para o além inebriante
do néctar,
 
em que a pétala
é ponte
e o pólen,
obstinado passante
de lá pra cá.
 
Vistosa e aromada,
torna-se a amada do besouro,
que, então,
a visita,
ficando pouco à vista,
com as antenas
misturando-se
com as anteras.
 
Como um discípulo,
rebento da flor solteira,
o minúsculo grão-de-pólen,
imensurável grão-de-ouro,
junta-se ao pequeno besouro,
que não sabe
que é gigante.
Ou se o sabe,
tem a humildade
das patas sem sandálias
que caminham
sobre o piso de perfume.
 
Segundo encontro
de comunhão:
os pés do besouro e o sândalo.
 
A pétala,
aquela que é ponte,
balsama-lhe os pés
enquanto ele a percorre.
 
No caminho,
a ponte murcha.
Ele faz da água sob os pés
vinho,
sobre o qual caminha.
 
É do outro lado
da mesa dos pólens-apóstolos
que está o néctar da planta-ceia.
 
As sementes
são outros sermões.
Os cereais,
outras searas.
 
De um lado,
o majestoso ministério
sobre o trono da corola.
Do outro,
o sagrado mistério
que se bebe no cálice.
 
Eis
o profeta dos estames

e rei do povo dos gineceus.




/-\|\||)/-\|_/-\(,)|_|||\/|
 
 
 
 
__________
#foto#
quando: 09/09/2020
onde: Uganda, Buinde
por: Andalaquim
Andalaquim
Enviado por Andalaquim em 30/09/2020
Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários