× Capa Textos Livro de Visitas Contato
Grilo Tritri
/-\|\||)/-\|_/-\(,)|_|||\/|
Textos
NÃO VENHA ME DIZER QUE ERA VINHO. ERA CAFÉ
 
É domingo. Pede cachimbo? Pede chaleira!
 
A semana inteira, de segunda a sábado, baldes e bacias trabalham, trabalham, trabalham... exaustivamente. São usados pra tudo no ciclo do nosso café, desde a colheita até o transporte para secagem, passando pela lavagem, processamento e fermentação. São baldes, bacias e baldeações.
 
Mas é domingo. E domingo não pede balde. Sábado pede... para o banho. Num balde com capacidade de cinqüenta e cinco litros, eu ponho cinco litros de água fervendo, vinte litros de água fria e setecentos mililitros de vinagre. Tomo banho de caneca dentro do balde. E ainda sobra água no balde no fim do banho, que eu coloco em outro balde para ser usada na limpeza da minha casa de três cômodos e meio.
 
No caso das atividades com o café, domingo é o único dia de folga dos baldes e bacias que estão vazios. Em época de colheita, eu geralmente trabalho algumas poucas horas na manhã de domingo. E é prazeroso ver toda a estrutura – baldes, tanques e caixas de fermentação e mesas de secagem – cheia de café respirando na calmaria do domingo. Traz uma paz, assim como o trabalho intenso durante a semana o faz. Pazes opostas e complementares. Eu considero essa a minha igreja de domingo, pra agradecer pela semana que passou e pra se inspirar para a semana que está por vir. E a comunhão vem dessa sacerdote chaleira, que prepara o café da santa ceia.





/-\|\||)/-\|_/-\(,)|_|||\/|




__________
#foto#
quando: 10/11/2019
onde: Uganda, Kanungu, Nyamiyaga, Kingha Coffee Company
por: Andalaquim
Andalaquim
Enviado por Andalaquim em 13/12/2019
Alterado em 10/05/2020
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários